Suporte profissional

As considerações a seguir estão dispostas em linguagem simples. Estas informações estão embasadas em relatos bibliográficos especializados dotados de informação científica recente. Lembramos ser de fundamental importância a consulta de um médico de sua confiança para que o diagnóstico e tratamento sejam realizados corretamente. Críticas, ideias e informações são bem-vindas!


1. Eu ronco e isso incomoda as pessoas mais chegadas a mim.
Tem tratamento?

Sim, há. O sistema Aero Shape® oferece uma ampla gama de ferramentas terapêuticas e com eficácia clínica, evidenciando uma redução significativa dos problemas relacionados.

3. Quem pode me tratar?

O ronco, basicamente, é um ruído provocado por estreitamento ou obstrução nas vias respiratórias superiores durante o sono. Esse estreitamento dificulta a passagem do ar e provoca a vibração dessas estruturas. Embora possa ser considerado normal quando de intensidade leve, o ronco forte pode ser um indicativo – sintoma - da presença da síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS), passando, assim, a ser considerado como patológico. Na SAOS temos parada respiratória com duração de pelo menos dez segundos nos adultos, e dois ou três segundos nas crianças. Por causa disso, vários profissionais poderão estar envolvidos no tratamento. É fundamental portanto que para cada caso se investigue as causas e efeitos presentes através de exames conduzidos por profissionais experimentados. A montagem cuidadosa de um histórico do paciente deve levar em consideração um questionário de saúde conciso e claro, somado a exames de imagem (fibronasolaringososcopia), radiologia odontológica (cefalometria computadorizada) e polissonografia (laboratório do sono), dentre outros. Por conta disso, o diagnóstico pressupõe a participação de especialistas em diferentes áreas como médicos, dentistas, fonoaudiólogos, etc.

4. Como posso ser tratado? Com quais recursos posso contar?
Que resultados posso esperar?

Situações como a sua dependem fundamentalmente de um esforço conjunto entre você e os profissionais de saúde atuantes no caso. Os resultados serão proporcionais ao empenho, paciência e perseverança de maneira geral. Há muitos recursos para o tratamento. Fundamentalmente, tenha em mente que é muito importante saber ao certo como o(s) distúrbio(s) se manifestam no seu caso. Quanto mais estabelecido o diagnóstico, mais acertivo será o tratamento.

5. O que é o reposicionamento ou avanço mandibular?

Trata-se de uma posição não usual, porém terapêutica, da mandíbula que, ligeiramente avançada por mecanismo de órtese intrabucal, irá provocar, por ação indireta sobre músculos inseridos na base da mandíbula, a expansão da luz do canal orofarígeo.

6. Como o aparelho intraoral funciona de modo geral?

Ele é um aparelho reposicionador mandibular que procura prevenir o fechamento/colapso entre os tecidos da orofaringe e da base da língua, reduzindo assim eventos obstrutivos na via aérea superior (VAS) por ação protrusiva – para frente - da mandíbula.

7. Há efeitos colaterais adversos no uso dessa terapia?

Sim, pode haver. Aparelhos avançadores mandibulares devem ser usados com critério pelo profissional e também pelo paciente. Há que se entender e respeitar limitações anatômicas inerentes de cada pessoa que se dispõe a iniciar a aplicação deste importante recurso contra o ronco. Quanto mais precisa for a adaptação das órteses, quanto maior a liberdade de movimentos que elas permitem durante o uso, quanto mais bem dosada for a medida de avanço mandibular e mais elásticos e dinâmicos forem os movimentos entre os arcos dentários, menos efeitos adversos ocorrerão.

Efeitos esperados dentro da normalidade:

  • Diminuição do ronco;
  • leve sensibilidade ao toque em alguns dentes, principalmente após as primeiras horas de uso;*
  • diminuição de dores de cabeça provenientes da maloclusão dentária;
  • melhora na arquitetura do sono;
  • queda do número de apneias obstrutivas por hora de sono;
  • melhora no fluxo aéreo provocado por expansão da luz do canal orofaríngeo;
  • diminuição do ronco;
  • "confusão" temporária da mordida nos primeiro minutos sem o aparelho.**
*O leve desconforto em uns poucos dentes nas primeiras horas de uso passará ao longo do tempo, minimizando até normalizar, ou seja, depois de uns poucos dias isso desaparecerá; **Pela manhã a mordida, imediatamente após o uso durante a noite, parcerá diferente nos primeiros minutos, vindo a normalizar decorridos 15 a 40 minutos da remoção do aparelho.

Efeitos adversos ou indesejados:

Dores articulares, em clara e crescente percepção de desconforto, excedendo, portanto, limiares de tolerância ultrapassados em algum momento na fase de titulação - regulagem - do aparelho. Há duas soluções possíveis para serem rapidamente implementadas pelo profissional dentista responsável pela condução da terapia:

  1. Solução “A” - retroceder ou recuar a medida de avanço da mandíbula que foi excessiva, até a normalização e
  2. Solução “B” - após proceder a solução “A”, agregar o dispositivo ativador de língua - órtese lingual - integrando-o em combinação ao avançador mandibular. Essa solução está disponível dentro do sistema Aero Shape® - consulte o seu dentista.
8. O que há de diferente no aparelho intrabucal anti-ronco Aero Shape®?

Mais do que um aparelho, Aero Shape® é um conceito. Trata-se de um sistema, ou seja, é um conjunto de ferramentas - peças - constituído por componentes complementares e compatíveis, de uso exclusivo entre si. Portanto, Aero Shape® é uma solução integrada para o tratamento do ronco, sendo capaz de fazê-lo com vantagens e melhoramentos até então não alcançados pelos métodos usuais. Seu desempenho somente é obtido quando utilizado de forma integrada entre si. Com ele é possível combinar técnicas de avanço mandibular com retentores linguais, por exemplo. Aspectos físicos e estruturais que faziam do aparelho intrabucal um objeto volumoso e desconfortável durante o uso noturno pelo paciente, foram aperfeiçoados. Fabricadas em material atóxico e não alérgico o Sistema Aero Shape® permite que todos os movimentos naturais da mandíbula sejam preservados. O usuário é capaz de articular a fala, abrir, fechar, mover a mandíbula para o lado direito e esquerdo, para frente e para trás, sem dificuldades, aumentando o conforto e a eficiência na terapia.

9. Como saber se responderei bem ao tratamento do ronco
com o aparelho Aero Shape®?

Não há 100% de certeza ao se predizer o grau de sucesso do tratamento para o paciente candidato ao uso da técnica do reposicionamento mandibular. Podemos dizer, contudo, que haverá ganho de qualidade e que esse ganho será maior em uns casos do que em outros. Pensando nisso, ao longo dos últimos 10 anos, na tentativa de delinear a melhor indicação dessa modalidade terapêutica, trabalhamos de uma forma inovadora na execução do que chamamos de conceito de testagem.

Esse conceito propõe a construção de uma órtese "rápida" que se testa o desempenho inicial da técnica e a real necessidade de, para cada caso, se aliar a composição de órteses linguais, bem como outros recursos terapêuticos que ofereçam resposta às demandas estabelecidas no diagnóstico.

10. O que é o conceito de testagem?

Funciona assim: Seu dentista executa uma órtese "rápida" e testa posições facilmente reguláveis para o seu caso em um período curto de aproximadamente 14 dias ao longo de três consultas. Na medida em que se alcança resultados perceptíveis, principalmente na questão do volume do ronco, passa-se à execução da segunda fase de uso; à aferição polissonográfica e, então, à finalização. Na finalização dá-se um reforço estrutural nas placas e a fixação da medida de avanço previamente testada. Só então se procede a liberação ou alta do paciente que passará a retornar para o controle semestral no consultório, conforme a recomendação profissional.


Downloads / Profissionais Aero Shape®